Hiperidrose – Tratamento com Toxina Botulínica

hiperidrose

Social Media

Most Popular

Categories

A partir de 1994, o uso da toxina botulínica revolucionou a Medicina Estética, oferecendo um procedimento simples e rápido que não causa traumas e apresenta melhorias notáveis ??no rejuvenescimento facial em apenas dois a quatro dias.

Além disso, os resultados positivos no tratamento de rugas e outras condições são evidentes, com efeitos que duram de três a seis meses.

O procedimento é ambulatorial, o que ajuda a minimizar a ansiedade do paciente após o tratamento, e seu uso preventivo contra rugas é uma das suas muitas vantagens. A toxina botulínica tipo A é a mais utilizada por ser mais ativa.

A hiperidrose é um transtorno caracterizado por sudorese excessiva que vai além da necessidade regulatória de regulação da temperatura corporal.

O suor é um mecanismo fisiológico importante do corpo humano, especialmente em climas quentes e durante o exercício

Hiperidrose: o Suor Excessivo que Incomoda os Pacientes

A sudorese excessiva é uma situação constrangedora que dificulta as atividades do dia-a-dia e interfere no trabalho.

Simples atitudes como apertar a mão de outra pessoa, escrever, segurar papéis, digitar, e outras atitudes simples podem estar muito afetadas na hiperidrose. 

Nos casos mais graves, pode haver gotejamento da região afetada e, até mesmo, macerações e fissuras da pele.

Na região axilar pode ocorrer odor fétido (bromidrose), consequência da decomposição do suor e de bactérias e fungos, assim como nos pés. Andar descalço em piso liso pode tornar-se escorregadio e provocar acidentes.

Qualquer região do corpo pode ser acometida, sendo mais localizada nas palmas das mãos, plantas dos pés, axilas, dobras das mamas e face. A hiperidrose pode ser essencial, de causa desconhecida, ou secundária a uma doença, como hipertireoidismo, distúrbios psiquiátricos, traumatismo raquimedular, menopausa, obesidade e outras. 

Nós da Cursos Em Estética, que juntamente com a Dra. Thuanny Farina, especialista em procedimentos estéticos avançados, criamos uma escola para ajudar profissionais a se especializarem em cursos na área da estética.

O que é?

A produção de suor é regulada pelo sistema nervoso autônomo simpático e tem relação direta com o controle da temperatura do organismo.

Sudorese excessiva e constante provocada por hiperatividade das glândulas sudoríparas caracteriza os quadros de hiperidrose, que podem aparecer na infância, adolescência ou na idade adulta.

A hiperidrose pode ser primária, também chamada de essencial, ou secundária, quando aparece em decorrência de outras doenças, entre elas hipertireoidismo, diabetes, obesidade e alterações hormonais.

A hiperidrose pode manifestar-se nas mãos, pés, axilas, rosto, sob as mamas, na região inguinal e no couro cabeludo, partes do corpo que contém maior número de glândulas sudoríparas.

Sinais e Sintomas da Hiperidrose

Hiperidrose não é uma condição temporária. Muitas pessoas sofrem com a doença por anos consecutivos, normalmente desde a infância, mas a doença pode aparecer somente na adolescência ou na idade adulta. Às vezes, existe uma tendência familiar.

Assim em climas frios ou quentes a sudorese é constante, e pode ser agravada por: ingestão de comidas condimentadas, ansiedade, aumento da temperatura ambiente, febre e exercícios físicos.

Observa-se sudorese geralmente durante o exame clínico, sendo, às vezes, abundante. As roupas podem ficar molhadas, as palmas das mãos e plantas dos pés e tornam maceradas e com fissuras.

Então a hiperidrose pode causar desconforto emocional, causando até afastamento social do indivíduo. As palmas das mãos ou plantas dos pés têm aspecto pálido.

toxina

Tratamento da Hiperidrose

Alguns pacientes podem fazer o uso de produtos antitranspirantes e só com isso conseguem controlar a hiperidrose.

Por vezes outros usam medicamentos para inibir a produção de suor, além de realizarem tratamentos como a aplicação de toxina botulínica nas áreas onde o suor é excessivo.

Mecanismo de Ação da Toxina Botulínica

Então a toxina botulínica A é uma neurotoxina que diminui a liberação da acetilcolina dos nervos simpáticos das glândulas écrinas.

Portanto quando injetada diretamente nas axilas, palmas ou fronte, a toxina botulínica inibe a sudorese por cerca de 5 a 8 meses, dependendo da dose. As injeções são eficazes, pouco dolorosas, e o tratamento deve ser repetido 1 a 2 vezes por ano.

Efeitos Colaterais do Tratamento

Por isso pode surgir equimoses na região aplicada, raramente pode ocorrer fraqueza muscular transitória nos membros superiores e deve tratar com fisioterapia e também existe risco de aparecimento de suor compensatório em outras áreas com a toxina botulínica.

Share:

Facebook
Twitter
Pinterest
LinkedIn

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

On Key

Posts Relacionados

Habilitação Coffito

Cursos de Capacitação para Fisioterapeutas espaço A Cursos em Estética é habilitada pelo Coffito a ministrar cursos de capacitação para profissionais fisioterapeutas de Toxina Botulínica,

Ácido Alfa Lipóico

Ácido Alfa Lipóico É um ácido graxo de cadeia curta, encontrado nas mitocôndrias, sintetizado no fígado e também é obtido na dieta pelas carnes de

Você sabe o que é BCAA?

Você sabe o que é BCAA O termo BCAA é na verdade uma abreviação de Branched Chain Amino Acids, ou Aminoácidos de Cadeia Ramificada, que